Ir para a capa Entrar em contato
    Buscar por:
    Web
    Camaçari Notícias
Camaçari, 02 de Setembro de 2014

Qual é a sua opinião sobre a Polícia em Camaçari?








NOTA DE FALECIMENTO

02/09/2014 08:46

É com pesa que o Camaçari Notícias comunica o falecimento de Jairo de Araujo Coelho, de 72 anos, que morava em Aerembepe.


O corpo está sendo velado em sua residência e será sepultado às 09 horas desta terça-feira (02) no cemitério do distrito.

As informações sobre este funeral foram disponibilizadas pela Funerária Damião, localizada na Rua Francisco Drummond - Centro. Telefone: (71) 3621 4207.




02/09/2014 08:45

É com pesar que o Camaçari Notícias informa o falecimento do Sr. Laurentino Dominguez Vidal, conhecido como "Lourinho da Professora Emília". Faleceu no Hospital Português, em Salvador, aos 87 anos. Era pai de José Maria e Francisco Dominguez, e estava em Camaçari há décadas deixando vários amigos.


O sepultamento acontece às 15 horas no Cemitério Jardim da Eternidade, onde o corpo está sendo velado.





01/09/2014 14:30

O músico e professor Sérgio Souto morreu na madrugada desta segunda-feira (1º). Ele tinha 63 anos e não resistiu à intervenção para tratar de uma trombose.

 


O sepultamento será às 16h30 no Cemitério do Campo Santo, na Federação, depois de um velório no Laboratório de Investigação Cênica, na Escola de Dança. Em nota, a Universidade Federal da Bahia (Ufba) lamenta o falecimento do professor e estende suas condolências aos amigos, parentes e familiares de Sérgio.

 


Sérgio era natural do Rio de Janeiro. Aos 21 anos, se mudou para Salvador para cursar Composição e Regência. Tornou-se maestro, compositor, arranjador e professor da Escola de Dança da Ufba.

 


Na década de 70, participou da criação dos grupos de música instrumental a Banda do Companheiro Mágico e o Sexteto do Beco. Em 1978, após graduar-se pela Ufba, seguiu para os Estados Unidos, estudando arranjo na Berklle College of Music em Boston-Mass e composição no Creative Music Studio em Woodstock-New York.

 


De volta a Salvador fundou a AMA - Academia Música Atual, onde atuou como professor, coordenador e diretor.






01/09/2014 10:03

É com pesar que o Camaçari Notícias comunica o falecimento de Fabiana Santiago Barreiros, de 26 anos, moradora do município Mundo Novo, que estava em Camaçari se tratando de uma pneumonia.


O velório acontece nesta manhã de segunda-feira (01) no velatório da Funerária Alternativa. A família está decidindo ainda se o corpo será sepultado em Camaçari, ou se será levado para terra natal de Fabiana.

As informações sobre este funeral foram disponibilizadas pela Funerária Alternativa, localizada na Rua Eixo Urbano Central, 14 – Centro. Telefone: (71) 3621-2102.




30/08/2014 10:26

É com pesar que o Camaçari Notícias comunica o falecimento de Maria de Lourdes de Jesus, de 60 anos, moradora da localidade de Areias, distrito de Jauá.


O velório acontece em sua residência e o sepultamento está marcado para as 15h30 deste sábado (30), no cemitério local.


As informações sobre este funeral foram disponibilizadas pela Funerária Damião, localizada na Rua Francisco Drummond - Centro. Telefone: (71) 3621 4207.




30/08/2014 09:56

É com pesar que o Camaçari Notícias comunica o falecimento de Ezequiel Marinho da Conceição, o poeta Quiel Guarãnea de 57 anos, que lançaria seu primeiro livro no próximo dia 05 de setembro intitulado “Minhas histórias no tempo e o Ponto no ‘i’”.


Esta semana Ezequiel foi entrevistado pela reportagem do Camaçari Notícias. Na ocasião falou sobre poesias, poemas e crônicas, assuntos dos quais ele conhecia muito bem.


De acordo com informações de pessoas próximas, Ezequiel estava em casa ontem a noite, e por volta das 23h, se sentiu muito mal. Imediatamente a família levou  Ezequiel para o hospital, porém ele já chegou sem vida.

Ezequiel morava no bairro Camaçari de Dentro, na região conhecida como “Zé do Fó”. Ele deixa esposa, três filhos e um neto.


O velório acontece hoje no templo da Igreja Missão Fraternal, que fica em frente à linha do trem, próximo ao antigo CATO. O sepultamento deve ocorrer ainda hoje, durante a tarde, no cemitério Jardim da Eternidade, Gleba H.





28/08/2014 14:50

O ator Stephen Lee, famoso por sua atuação na série Seinfeld, morreu no último dia 14 de agosto, aos 58 anos. O americano sofreu um ataque cardíaco fulminante no apartamento onde morava em Los Angeles, segundo informou na última quarta-feira (27), sua amiga Lisa Pescia. As informações são do site da revista People. Nascido em Englewood, Nova Jersey, Lee começou a carreira nos anos 1980 atuando em dramas como Hart to Hart e Hill Strett Blues. Ao longo da carreira na TV ele participou também de produções como Grey´s Anatomy, CSI, The West Wing, Bones, Dark Angel, Nash Bridges, entre outras. No cinema, esteve em longas como La Bamba, Burlesque e The Negotiator.






28/08/2014 11:35

É com pesar que o Camaçari Notícias comunica o falecimento de Silvânia da Silva Novais, moradora do Triâgulo, irmã de Sandro da MJR.


Silvana faleceu na quarta-feira (27) no Hospital Aristides Maltez. Seu corpo está sendo velado em sua própria residência localizada, próximo ao antigo Assisto.


O sepultamento está marcado para as 14h desta quinta-feira (28), no Cemitério Jardim da Eternidade, Gleba H.


Homenagem da família:

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.
Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas.
Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.
Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.

Salmos 23:1-4





28/08/2014 09:57

É com pesar que informamos o falecimento de Zezito Gomes da Silva, de 70 anos, morador da Avenida Luiz Gonzaga, bairro Phoc II.


Seu corpo será velado no velatório do cemitério da Gleba H, a partir das 11h30 desta manhã de quinta-feira (28), onde será sepultado às 16 horas.


As informações sobre este funeral foram disponibilizadas pela Funerária PIAF, localizada à Rua da Bandeira - Centro. Telefone: 71 – 3627 4660




28/08/2014 09:48

É com pesar que informamos o falecimento de José Manuel dos Santos Freitas, morador de Monte Gordo, distrito de Camaçari.


Seu corpo será sepultado no cemitério do bairro de Brotas, em Salvador, nesta manhã de quinta-feira (28).


As informações sobre este funeral foram disponibilizadas pela Funerária Damião, localizada na Rua Francisco Drummond - Centro. Telefone: (71) 3621 4207.




27/08/2014 15:35

Daniele Daumerie morreu no última domingo, 24, vítima de um AVC (acidente vascular cerebral). A informação foi confirmada na tarde desta quarta, 27, pela filha de Daniele e Lobão, que falou rapidamente com o EGO. "Minha mãe teve um AVC e faleceu domingo. Ela estava super bem, se cuidando. Estava com 46 anos", disse Julia Daumeri. Lobão também escreveu no Twitter que lamentava a morte da ex. "Estou muito triste mesmo", escreveu ele, em resposta a uma seguidora que comentou a morte.

 

 


O corpo foi sepultado na tarde de segunda-feira no São João Batista, Rio de Janeiro, onde ela residia.
Daniele posou para várias capas de disco ao lado do então marido Lobão e é co-autora da música "Essa noite não", gravada por ele. Nos anos 1990, formou com Karla Sabah a dupla “Bad Girls” com a qual lançou o CD “Bad Girls”,famosa por hits como "Sexo" (1994). Veja aqui o clipe da música "My lovin". Ela também era atriz.






27/08/2014 11:15

É com pesar que o Camaçari Notícias comunica o falecimento de Aidil de Jesus Santana, presidente da Associação dos Ambulantes de Camaçari.


Às 14 horas desta quarta-feira (27) sairá um ônibus da Praça Desembargador Montenegro que seguirá para Salvador, pois o corpo será sepultado no cemitério Quinta dos Lázaros, em Salvador.




27/08/2014 10:00

É com pesar que o Camaçari Notícias comunica o sepultamento de Rafael Pitanga dos Anjos, de 17 anos, assassinado no dia 23 de março de 2014 na localidade conhecida como “Pinho”, em Camaçari. Desde então, família esperava liberação do corpo.


O sepultamento está marcado para as 13h desta quarta-feira (27) no Cemitério Jardim da Eternidade, Gleba H.


As informações sobre este funeral foram disponibilizadas pela Funerária Damião, localizada na Rua Francisco Drummond - Centro. Telefone: (71) 3621 4207.




25/08/2014 09:57

É com pesar que o Camaçari Notícias comunica o falecimento de Félix Dantas da Silva, de 91 anos. Morador da Rua terra, nº 33, bairro Gravatá.


O velório acontece em sua residência e o sepultamento está marcado para as 15h desta segunda-feira (25), no cemitério Jardim da eternidade, bairro Gleba H.


As informações sobre este funeral foram disponibilizadas pela Funerária PIAF, localizada à Rua da Bandeira - Centro. Telefone: 71 – 3627 4660




25/08/2014 09:30

Enérgico, carrancudo, workaholic, disciplinado. Vários são os adjetivos acumulados pelo empresário Antonio Ermírio de Moraes, sócio do Grupo Votorantim, em seus 86 anos. O certo, porém, é que ele nunca será lembrado pelo tamanho de sua fortuna, estimada em R$ 27,1 bilhões, mas por suas posturas, opiniões, tiradas e trocadilhos que, muitas vezes, garantiram destaque às suas críticas em relação aos governos.

 


Se há injustiças que a vida impôs a Antonio Ermírio, uma delas é que não morreu trabalhando — acometido do Mal de Alzheimer, estava afastado das empresas desde 2006 — e não foi bem-sucedido na carreira política. Bem que tentou. Em 1986, lançou-se candidato ao governo de São Paulo, mas perdeu na reta final.

 


"Professor vai ter que dar aula". "Médico vai ter que bater ponto". "Funcionário público tem que melhorar sua produtividade". "Empresário vai ter que vender com nota fiscal". "Na minha gestão, não vai ter essa de atender mal ao povo". Estes foram alguns dos princípios que Antonio Ermírio defendeu e que, se a princípio lhe garantiu favoritismo, acabou sendo também o motivo da derrota.

 


— Ele desagradou a todas as corporações. Nas pesquisas qualitativas todo mundo aprovava, mas, nos sindicatos e associações, de empresas e de trabalhadores, a leitura era outra. Orestes Quércia, seu principal adversário, ia lá e dizia "Ele vai acabar com vocês, vai perseguir médicos e professores. Ele é contra funcionário público — conta o sociólogo José Pastore, coordenador do programa de governo, em 1986, e amigo de Antonio Ermírio por mais de 35 anos.

 


Pastore diz que o amigo não voltou a se candidatar porque se decepcionou com o sistema de trocas de apoio político.

 


— Pediam a ele secretarias inteiras, de "portas fechadas". Foi um choque. Ele dizia: "Vou sair da Votorantim para deixar você roubar em meu nome?" — diz o sociólogo, que em junho de 2013 lançou o livro "Antonio Ermírio de Morais - Memórias de um Diário Confidencial".

 


No mundo industrial, a marca de Antonio Ermírio foi a do trabalho. Começava antes das 7h, terminava depois das 22h. Trabalhava também aos sábados e nas manhãs de domingo, obrigando os executivos do grupo a se revezarem em plantão para abastecê-los de números ou, simplesmente, trocar ideias sobre alguma estratégia.

 


Ficar doente, para ele, era sinal de fraqueza. Ia trabalhar gripado e, quando isso acontecia, chegava mais cedo, para dar o exemplo. Também não tirava férias. Por várias vezes, anunciou aos amigos que iria dar uma "parada", descansar e viajar com a mulher, Maria Regina. O destino, inevitavelmente, era Bertioga, no litoral paulista. O descanso não passava de um fim de semana.

 


Numa das poucas vezes que mudou de rumo, foi para Lindóia, no Circuito das Águas. Foi uma viagem que uniu o destino de Antonio Ermírio ao de Maria Regina. Os dois se conheceram num navio, a caminho dos Estados Unidos, onde ela e a mãe iriam passear e a família Morais, ver o filho diplomado em engenharia metalúrgica pela Colorado School of Mines, a mesma universidade onde estudou o pai dele, José Ermírio, e seu irmão mais velho.

 


"Se eu não tivesse casado com uma heroína, já estaria divorciado", explicou o empresário numa entrevista a Jô Soares, ao comentar o excesso de dedicação ao trabalho.

 


— Ele dizia sempre "Regina, um dia vamos tirar um bom tempo para viajar, passear". Está devendo até hoje — contou Pastore ao GLOBO, numa entrevista concedida antes do lançamento da biografia.

 



Sempre coube a Regina reunir filhos e netos em almoços, sempre às quartas-feiras, garantindo os laços familiares. Dos quatro filhos, o mais parecido com o pai em estilo e perseverança era Carlos Ermírio, que morreu de câncer aos 55 anos, em 2011. Em 2009, também havia morrido outro dos filhos, Mário Ermírio, também de câncer.

 


Antes da doença de Antonio Ermírio, ele e Pastore se encontravam pelo menos uma vez por semana para almoçar. O empresário gostava de bacalhau e a única bebida alcoólica que se permitia era um cálice de vinho do porto. Ainda jovem, tomou uma dose de uísque e passou mal. Descobriu então ter um único rim e a recomendação foi: muita água e nada de álcool. Seguiu a restrição a vida toda, com a disciplina que lhe era peculiar.

 


Pastore lembra com carinho dos almoços rápidos. Em geral, não mais que 20 minutos ou meia hora.
— Eu já sabia. Ele sempre dizia: "Pede o meu prato, é muito bom". Eu já sabia que era para o pedido vir mais rápido e chegava a brincar: "Um dia vamos chegar já almoçados" — relata ao contar sobre os almoços no restaurante do antigo Hotel Ca´D´Oro, na Rua Augusta, que fechou as portas em 2009.

 


Mas havia dias em que a conversa se estendia. Era quando comparecia o irmão mais velho, José Ermírio, falecido em 2001. Ao contrário de Antonio Ermírio, o empresário tinha tempo para contar histórias deliciosas, falar de celebridades, jogar conversa fora, fazer piada.

 


Nestas ocasiões, o almoço durava até uma hora e meia. Antonio jamais interromperia José. Nutria por ele admiração e respeito. Há quem diga que a vida inteira estudou e trabalhou muito para, de forma peculiar, competir com José, a quem adorava, incondicionalmente.

 


Antonio Ermírio era um tipo de homem com muito a ensinar. Não dava apenas dinheiro, dedicava tempo e trabalho. Foi isso que fez anos a fio no Hospital Beneficência Portuguesa, um dos melhores de São Paulo. Ia lá três vezes por dia e seu grande feito foi desenhar uma engenharia financeira que permitisse à instituição atender pelo SUS, sem acumular prejuízo, dois terços dos pacientes.

 


Era assim sempre que oferecia ajuda. Uma delas, foi em 2003. Numa manhã de setembro, um sábado, Antonio Ermírio percorreu a pé os 500 metros que separam a Praça Ramos de Azevedo, onde ficava a antiga sede do Grupo Votorantim, até o Largo São Bento. Tocou a campainha do Mosteiro de São Bento e apareceu um frade.

 


— Por favor, gostaria de falar com o superior, o responsável pelo Mosteiro — pediu.


— O senhor vende alguma coisa? Quer vender o que? — perguntou o frade.


— Vendo cimento, ferro, alumínio. Mas quero apenas falar com ele — explicou-se.


Para a sorte do Colégio e Faculdade São Bento, a conversa inicial não precisou ir adiante. Um superior avistou o famoso empresário e tratou de colocá-lo logo para dentro.


— Entre! Pelo amor de Deus! — convidou.

 


Da visita inesperada surgiu a ajuda para que o colégio fosse reformado e não fechasse as portas. Antonio Ermírio havia lido nos jornais que o Colégio São Bento, onde estudaram nomes como Franco Montoro e Oswald de Andrade, estava em dificuldades financeiras e fecharia as portas. Em troca do anonimato, propôs ajuda e convenceu outros empresários a aderirem à causa.

 


Para compensar o que deixou de fazer na política, o empresário extravasou em peças de teatro: Brasil S.A., Acorda Brasil e S.O.S Brasil. Cada fala das personagens no palco, um traço de sua biografia.






   1 2 3 4 5 Próxima página Última página 
  • Para receber notícias basta digitar seu e-mail


www.camacarinoticias.com.br     -     © Todos os direitos Reservados        -
Click5 - Marketing e Soluções Interativas